Está Aqui
Home > Agenda > REGIÃO DE TRÁS-OS-MONTES E DOURO VIAJA ATÉ À AMÉRICA DO SUL

REGIÃO DE TRÁS-OS-MONTES E DOURO VIAJA ATÉ À AMÉRICA DO SUL

Projeto “O Douro à Volta do Mundo – Megellan World” tem paragens no Uruguai, Argentina e Brasil

O melhor da região de Trás-os-Montes e Alto Douro está a caminho da América do Sul. De 10 a 19 de Junho, o projeto “O Douro à Volta do Mundo – Magellan World”, promovido pela AETUR – Associação dos Empresários Turísticos do Douro e Trás-os-Montes leva a Montevideu, no Uruguai, a Buenos Aires, na Argentina e a São Paulo no Brasil, uma montra duriense composta por produtos endógenos, projetos e circuitos turísticos.

Na Argentina, estará ainda patente uma exposição fotográfica de Trás-os-Montes e Douro, coordenada pela Fundação Museu do Douro.

A comitiva responsável pela promoção da região duriense é constituída por vários empresários de Trás-os-Montes e Douro, jornalistas, o presidente da Comunidade Intermunicipal de Trás-os-Montes, o diretor do Museu do Douro e representantes da AETUR.

Os sabores da região transmontana e duriense que seguem nesta viagem para dar a conhecer o interior norte de Portugal são os produtos alimentares certificados, como salpicões e presuntos de Vinhais, azeite de Trás-os-Montes, miolo de amêndoa, castanha da Terra Fria, Queijo Terrincho DOP e Queijo de Cabra Transmontano DOP. Seguem ainda vinhos de Montalegre, produtos da Casa de Santa Eufémia e Quinta do Crasto e Doces da Puri.

A AETUR acredita que “todas estas ações são importantes para promover a captação de investimento para a região – em articulação com a AICEP – e para fomentar trocas comerciais”.

O périplo pela América do Sul encerrará no Porto de Santos (em São Paulo) a bordo do Navio Escola Sagres da Marinha Portuguesa, onde será feita uma receção a cerca de 80 agentes de turismo.
Esta ultima ação de divulgação internacional do Douro termina em Le Havre, França, em setembro, também a bordo no Navio Escola Sagres, numa paragem que promete ser especial para o Douro e Trás-os-Montes com a previsão de 10 mil visitantes por dia.

“O Douro à Volta do Mundo – Magellan World” é um projeto que junta, pela primeira vez, o património do Douro com o legado histórico deixado pelo navegador Fernão de Magalhães e que tem como objetivo a concretização de diferentes ações de internacionalização da economia e da identidade duriense, como os modos de vida, arquivo da memória, Patrimónios da Humanidade e património imaterial. O projeto tem o objetivo de levar Trás-os-Montes e Douro aos países que integram a Rede das Cidades Magalhânicas, mas também aos mercados prioritários para o turismo português, como é o caso da América do Sul.

Top