Está Aqui
Home > Hotéis > 14 casas, quintas e hotéis para fazer uma escapadinha no Douro

14 casas, quintas e hotéis para fazer uma escapadinha no Douro

14-casas-quintas-e-hoteis-para-fazer-uma-escapadinha-no-douro

De uma mansão aristocrática do século XVII a uma quinta que pertenceu a Egas Moniz, também temos piscinas coladinhas ao rio e uma biblioteca de vinhos com menu de tapas.

Há qualquer coisa de particularmente especial no Douro. Só não conseguimos decidir o que é que fica em primeiro lugar: se o rio, as vinhas, os socalcos, o comboio histórico a passar pela linha ou os barcos de cruzeiros a atravessarem as águas. Verdade seja dita, também não é muito importante. A região do Douro é maravilhosa, fica (ainda mais) magnífica na primavera e nós queremos que a sua próxima escapadinha seja lá.

A Quinta de Casaldronho pertenceu a Egas Moniz, tutor de D. Afonso Henriques. No Douro Royal Valley Hotel & SPA, em Baião, a água da piscina infinita confunde-se com o rio, já a Casa dos Viscondes de Várzea, em Lamego, fica numa mansão aristocrática do século XVII. Casas, quintas ou hotéis, estes espaços têm tudo o que precisa para garantir o fim de semana perfeito. Ou a semana. Ou o mês. Não nos metemos nisso — quando é amor à primeira vista, tudo pode acontecer.

As nossas sugestões para 2017:

Casa Cimeira, Valença do Douro

A Casa Cimeira fica na aldeia de Valença do Douro, na encosta sul do rio Douro. Construída em 1814, tem seis quartos duplos, biblioteca, jardim, vinhas, restaurante e piscina exterior. Organizam-se passeios a pé ou de bicicleta, por isso não se esqueça de passar pela receção para pedir conselhos.

Para a noite de 2 para 3 de junho, a estadia fica por 70€, com pequeno-almoço incluído.

 

Quinta das Aveleiras, Torre de Moncorvo

Situada na Serra do Reborêdo, a Quinta das Aveleiras tem quatro casas: a Casa Branca, a Casa da Serra, a Casa do Retiro e o Pombal. As casas estão equipadas com kitchenette, sala com lareira e um, dois ou três quartos. Dentro da propriedade há uma pequena capela, construída em honra de Santa Teresa D’Avila no século XVIII. Também há uma fonte da mesma época. A Quinta das Aveleiras tem ainda uma piscina infinita no jardim, com vista desimpedida para a região, e um court de ténis. Peça a raquete e as bolas na receção.

Para a noite de 2 para 3 de junho, a estadia num quarto duplo fica por 85€ por noite, sem pequeno-almoço incluído.

 

Casa das Pipas, Sabrosa

Esta casa de 12 quartos, todos com nomes de castas do Douro, faz parte do projeto da Quinta do Portal, premiado internacionalmente. A decoração da Casa das Pipas é rústica e as paredes em pedra ajudam a tornar as divisões aconchegantes. A sala de refeições tem vista panorâmica para as vinhas, há uma biblioteca e ainda um ginásio.

No jardim, as crianças têm direito a uma piscina, junto à dos adultos. O rio Pinhão também fica mesmo ao lado. Na altura das vindimas é possível participar na produção do vinho.

Preços entre os 100€ e os 160€, consoante a casa e a época do ano. O pequeno-almoço está incluído no preço.

 

Douro Suites, Baião

A Douro Suites fica em Ribadouro, concelho de Baião, e tem seis suites e uma casa para oferecer. A mais exclusiva é a Casa do Lago, que tem um design futurista, dois quartos, uma cozinha e um jardim privativo com jacuzzi. As restante seis suites ficam mesmo ali ao lado, na Casa do Rio, e têm kitchenettes, banheiras de hidromassagem ao lado da cama ou em frente às janelas e, em alguns casos, terraços incríveis.

Consoante a época e a tipologia dos quartos, os preços variam entre 100€ e 350€ por noite, com pequeno-almoço incluído.

 

Quinta da Pitarrela, Peso da Régua

A quinta da família Ribeiro tem duas casas: a Casa Rosa, que tem dois quartos, e a Casa Xisto, com cinco quartos. As propriedades só são arrendadas por inteiro e são completamente diferentes uma da outra. Casa Rosa tem dois quartos duplos, com casa de banho privativa. O pequeno-almoço não está incluído no alojamento, nem o acesso às áreas comuns.

Já a Casa Xisto é bastante maior — e tem mais vantagens. Tem três quartos duplos com casa de banho privativa e dois com casa de banho partilhada. O pequeno-almoço está incluído, assim como o acesso à piscina e exterior da casa. Há ainda uma sala de estar, sala de jantar e cozinha totalmente equipada.

A Casa Rosa custa 120€ por noite e a Casa Xisto 350€.

 

Douro Royal Valley Hotel & SPA, Baião

14-casas-quintas-e-hoteis-para-fazer-uma-escapadinha-no-douro

Estamos na margem direita do rio Douro, numa quinta com 100 mil metros quadrados. Lá dentro, há uma horta biológica, uma floresta e uma vinha e, claro, um hotel. Chama-se Douro Royal Valley Hotel & SPA, é um hotel de cinco estrelas e abriu no Lugar da Pala, no concelho de Baião.

Tem 70 quartos, todos com vista pra o rio, um spa, um restaurante e dois bares, mas é a piscina que é reconhecida como um dos espaços mais cool de tudo o hotel — fica no top da montanha e é infinita, portanto as suas águas confundem-se com as do rio.

Para a noite de 2 para 3 de junho, há quartos duplos desde 160€, com pequeno-almoço incluído.

 

Quinta do Vallado, Peso da Régua

Na Quinta do Vallado é possível escolher entre o estilo contemporâneo e o estilo tradicional. Desde 2012, este wine hotel tem 15 quartos divididos por dois edifícios. Na Casa Tradicional – que chegou a pertencer a Dona Antónia Adelaide Ferreira, a Ferreirinha —, estão os “quartos século XVIII” com mobiliário em madeira e carpetes antigas a cobrir o soalho.

No hotel rural, construído essencialmente com xisto, estão os “quartos século XXI”, com destaque para o mobiliário de linhas direitas e tons neutros e a madeira clara. Além do jardim e da piscina, a quinta sugere os passeios de barco e jipe mas também piqueniques campestres, provas de vinho ou aulas de cozinha tradicional.

Uma noite na Quinta do Vallado custa, em média, 180€.

 

Quinta do Medronheiro, Soutulho

A Quinta do Medronheiro era uma antiga exploração agrícola e pecuária, conhecida na região por ser o maior fornecedor de carvão vegetal de Viseu. Adquirida pela família Oliveira em 2005, as casas foram restauradas, os acessos melhorados e a vinha reestruturada. Abriu em 2010 como hotel rural, com um total de 12 quartos, duas suites e um apartamento T1.

O espaço tem uma piscina biológica, que aproveita a água de nascente numa lagoa no cimo da quinta, dois moinhos de água, vinhas e um salão de eventos com capacidade para 200 pessoas. São organizados passeios com os cavalos da quinta, a Violeta e o Oleroso da Meia Lua, acompanhados por um guia. Cada trajeto custa 25€ e dura cerca de 1h30.

Para a noite de 2 para 3 de junho, há quartos para duas pessoas desde 75€.

 

Six Senses Douro Valley, Samodães

Uma piscina exterior com vista para o vale e para o rio Douro. Um especialista em antigravity ioga (modalidade que consiste em fazer uma série de movimentos suspenso num pano de seda preso ao teto) residente. Um spa com 2.200 metros quadrados, uma piscina interior aquecida com jatos de água, sala de vapor e sauna.

Uma wine library com um menu de tapas, queijos, presunto e carnes fumadas da região, e um restaurante onde o chef Paulo Matos prepara pratos inspirados na cozinha portuguesa — com ingredientes que vai buscar diretamente à horta do hotel. É assim a partir no Six Senses Douro Valley, em Samodães, Viseu. O resort de cinco estrelas pertence ao grupo tailandês Six Senses e é um dos empreendimentos mais luxuosos do Douro.

Para a noite de 16 para 17 de junho, só está disponível uma Quinta Suite que custa 650€.

 

Hotel Rural Casa dos Viscondes de Várzea, Lamego

Hotel Rural Casa dos Viscondes de Várzea fica numa mansão aristocrática do século XVII, rodeada por vinhas, pomares e olivais em plena região do Douro. Com 28 quartos e sete suítes, decorados com mobiliário antigo, o hotel é um exemplo da arquitetura gótico-manuelina. Tem uma capela com um altar barroco, corrimões de pedra e cálices do mesmo período.

Lá fora há jardins de buxo, uma piscina de água salgada e um court de ténis. Durante os meses de produção de vinho, os hóspedes podem participar na prensa do vinho e em jantares folclóricos com música de concertina.

Para a noite de 9 para 10 de junho, a estadia fica por 165€ para duas pessoas, com pequeno-almoço incluído.

 

Quinta da Pacheca, Lamego

A Quinta da Pacheca, bem conhecida pela qualidade dos seus vinhos, tem um elegante hotel rural de quatro estrelas chamado The Wine House Hotel. Situado numa casa típica do século XVIII, o espaço tem 15 quartos e tem mobiliário da época. Já não existem muitos quartos disponíveis durante o mês de setembro, por isso o melhor é reservar com antecedência.

Para a noite de 9 para 10 de junho, há quartos duplos superiores desde 212€, com pequeno-almoço incluído.

 

Quinta dos Padres Santos AG & Spa, Lamego

Cinco quartos duplos e duas suites nos moinhos de água compõem este espaço de agroturismo no vale do Varosa, na Eira Queimada, a menos dez quilómetros de Lamego. Para os hóspedes há ainda uma piscina, atelier, sala de eventos e spa, na lista de atividades passeios a cavalo, bicicletas ou de jipe.

Para a noite de 2 para 3 de junho, a estadia fica por 90€, com pequeno-almoço incluído.

 

Quinta de Casaldronho, Lamego

A Quinta de Casaldronho já pertenceu a Egas Moniz, tutor de D. Afonso Henriques, e mais tarde a D. Sofia, uma mulher muito abastada que, dizem as pessoas da terra, terá escondido todo o seu tesouro na propriedade. Em 1885, Alódio Teixeira Santos comprou a quinta, que se mantém na mesma família desde então. O espaço abriu em 2014 como um hotel rural de 4 estrelas.

Com 18 quartos e duas suites, tem uma piscina exterior, um terraço no telhado e 15 hectares de vinha. O Restaurante Egas Moniz está aberto todos os dias das 19h30 às 22 horas e serve pratos típicos da comida tradicional portuguesa.

Para a noite de 8 para 9 de junho, há preços desde 122,55€ por quarto duplo e por noite.

Top